Em Nome dos Artistas: Exposição trouxe o melhor da arte contemporânea norte americana

12 dez

Terminou no último dia 4, no Pavilhão da Bienal de SP, a exposição Em nome dos Artistas,  que juntou fragmentos de obras que dão uma visão da arte contemporânea norte americana dos últimos 30 anos.

Dentre os artistas está o polêmico Damien Hirst que tem como principal tema abordado, a morte. Logo no primeiro andar, o público se deparava com 4 tanques de formol, a obra intitulada Mother and Child divided (Mãe e filho divididos), tinha um bezerro e uma vaca divididos pela metade e expostos dentro dos tanques.

"Mother and Child Divided" do artista Damien Hirst

A caveira de Damien Hirst que representa o destino do homem após a morte

No segundo andar do pavilhão ficavam obras que claramente demonstravam repúdio ao controle norte americano sobre mundo.

Nate Lowman: obras feitas a partir de imagens retiradas do cotidiano

Já no terceiro andar, ficaram os artistas bem recebidos pela crítica, porém não tão conhecidos como os de obras abrigadas no primeiro e segundo andar.

Cindy Sherman: artista usa a arte para interpretar seus personagens

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: